Desafios e vantagens do imóvel próprio e alugado
15 de fevereiro de 2022

desafios e vantagens do imóvel próprio e alugado

Continuando a sequência de posts com dicas sobre planejar uma casa nova, hoje vou falar um pouco sobre os desafios e vantagens do imóvel próprio e alugado segundo a minha perspectiva. Lembrando que até hoje a minha experiência é com apartamento alugado, portanto a minha visão sobre casa própria vai ter um embasamento muito menor que a locação. Mesmo assim acredito que seja importante levar alguns fatores em conta antes de tomar uma decisão sobre esse ponto e espero que minha visão possa contribuir nessa análise 😁

 

Desafios e vantagens do imóvel próprio

O imóvel próprio traz a segurança, o conforto e a liberdade de você ter maior domínio sobre os aspectos gerais da casa. Por ser sua, basicamente você tem maior campo de ação e possibilidade de investimento. Já as desvantagens circulam entre soluções que devem ser pensadas de forma mais definitiva e portanto exigem mais trabalho e maior investimento.

No Brasil temos uma cultura forte de valorizar o imóvel próprio. E para a maior parte dos casos eu acredito ser sim a melhor opção. Mas eu também penso, que de forma geral ele é mais vantajoso quando você tem uma segurança financeira e territorial maior. Ou seja, quando você sabe que vai morar por um tempo longo naquele lugar e tem condições de construir algo mais sólido visando longo prazo. Pode ser um passo muito vantajoso em termos de construção de patrimônio, mas se você não tiver uma estrutura para consolidar essa conquista, pode se tornar um pesadelo, ou uma prisão. Eu mesma já conheci pessoas que compraram apartamento por impulso e perderam parte do investimento porque tiveram que mudar os planos ao longo do caminho.

E não pense que é fácil mudar assim. Muita gente diz: “ah, é só colocar para locação se você não puder mais morar lá”. Mas não é algo simples. Locar um imóvel próprio, que você investiu recursos, fez mobília, reforma e etc pode ser uma dor de cabeça imensa. Sem contar que a manutenção estrutural sempre será sua responsabilidade, portanto é um compromisso para a vida. E mesmo que decida vender, é importante considerar a possível desvalorização do imóvel e por consequência perca financeira.

Portanto, todos esses cenários devem ser considerados. Um imóvel próprio exige pagamento de tributos, gastos com reformas, possíveis investimentos estruturais e muitas despesas inesperadas para quem mora em condomínio.

 

Desafios e vantagens do imóvel alugado

Já o imóvel alugado ganha em termos de praticidade, mobilidade e fluidez. Você pode se mudar com mais facilidade, portanto pode testar diferentes tipos de imóvel, bairros e contextos antes de optar por algo mais definitivo. É uma opção muito mais barata para morar do que o imóvel próprio e ao contrário do que muitos pensam, pode sim ser uma forma de economizar para comprar algo a longo prazo. E em alguns contextos pode ser mais vantajoso em termos de construção de patrimônio.

As desvantagens ocorrem em termos de restrições a grandes mudanças e planejamento no imóvel. Claro que cada caso é um caso, mas em geral é difícil conseguir melhorias significativas que atendam seu gosto e necessidade. Móveis podem ser um problema, pois as vezes o lugar que você vai já tem móveis e o que você faz com os seus? A natureza transitória da locação pode desgastar sua mobília e requerer de você constantes investimentos nessa área.

Outro ponto é que para ter um lar funcional você vai ter que recorrer a soluções alternativas e criativas que resolvam problemas. E nem sempre será algo tão simples. Você terá que improvisar muito e estar aberto a aceitar as imperfeições das coisas. Porque em imóvel alugado não se pode resolver tudo.

Mesmo assim eu defendo ser possível ter um lar bem bacana nesse contexto. Basta que esteja disposto a investir seu tempo e energia para construir soluções necessárias para adaptar cada aspecto a sua necessidade e possibilidade.

Desafios e vantagens do imóvel próprio e alugado: Avaliando

Então para fechar, fiz um breve resumo para te ajudar a refletir sobre qual é a melhor opção no seu caso. Essa é uma decisão muito importante que pode definir muitos caminhos na sua vida. Levar em conta alguns parâmetros é importante, mas é importante relembrar que ninguém conhece sua realidade e prioridades melhor que você, por isso tem que ser uma decisão individual e pautada em muita reflexão e análise.

Espero que tenha ajudado e qualquer dúvida, vamos conversando nos comentários.

Até a próxima

Jess

Apaixonada por decoração, culinária e uma vida estilo "feito a mão". Gosto de escrever sobre tudo que me inspira e acredito em uma vida feita com mais amor.

leia esses também

3. Planejando uma casa nova: Definindo o estilo e as referências
1. Planejando uma casa nova: Por onde começar?
Pequena reforma na varanda do apê: o projeto
esse post trata de:

Deixe um comentário, dúvida ou sugestão