armário sazonal: tudo que você precisa saber para adotar essa prática
27 de março de 2020

armário sazonal

Quem me acompanha lá no instagram já sabe que sou adepta do armário sazonal, um método de organização do estilo que varia de acordo com as estações do ano. Esse conceito surgiu entre a minha adoção a um armário minimalista e a escolha por um estilo de vida sazonal e há 4 anos vem sendo aprimorado e aplicado por mim, gerando bastante curiosidade toda vez que eu posto ele nas redes sociais.

Por isso o post hoje é dedicado a explicar tudo sobre esse método tão diferente que eu pratico e mostrar para você todos os benefícios que você terá caso decida aplica-lo em sua vida. 😉

o que é armário sazonal?

Vamos começar explicando o que é o armário sazonal. Basicamente, é a ideia de trocar as peças de roupa do seu armário toda vez que mudar a estação. Isso significa que você sempre terá peças específicas para cada estação, podendo variar em cores, estampas e tipo de roupa, sempre priorizando as especificidades do clima e região que você mora.

quais são os benefícios do armário sazonal?

Inúmeros. O primeiro é o hábito de trimestralmente faxinar seu armário. Acredite, na primeira vez será difícil. Mas depois de 1 ano você percebe que tudo entra em uma esteira de funcionamento cíclico, tornando o processo de manutenção do seu armário ágil e prático. Também evita acumular roupas desnecessárias, pois com o processo de destralhamento constante, você estará sempre desapegando. Outro ponto é que cria uma rotatividade entre as peças evitando o consumismo, afinal toda vez que você troca o armário, terá sempre peças novas daquela estação, criando uma sensação de novidade.

É bacana destacar nesse processo a diversão em definir peças para cada estação.  Eu percebo que isso cria uma espécie de momento intimo entre você e seu próprio estilo, pois o processo de escolha de peças nos faz repensar a nossa relação com as roupas, porque as compramos, usamos ou não usamos. Acho isso tão importante que desde que comecei a aderir esse método, notei uma maior consciência entre tudo que coloco no corpo, o dinheiro que invisto nisso e todos os valores relacionados a minha forma de enxergar a moda.

VEJA TAMBÉM: UM ARMÁRIO MINIMALISTA

Por fim, destaco também que esse método permite você tenha um armário pequeno, porque não terá que guardar todas as roupas que tem, somente as selecionadas para época. O restante deverá ser guardado em algum espaço que não será mexido até a próxima estação. Isso é ótimo para quem vive em espaços pequenos e precisa economizar.

armário sazonal

Dito tudo isso, vamos ao passo a passo que eu uso para aplicar esse método na minha rotina. Lembrando que como é algo sazonal, procuro fazer sempre na primeira semana de cada estação.

Passo 1: tirar tudo do armário

O primeiro passo é tirar tudo do armário. Nota: tudo mesmo! Roupas, acessórios, sapatos, bolsas… Tudo deve ser posto em um canto. Você pode aproveitar para limpar bem o armário, gavetas e onde mais costuma armazenar suas coisas. Eu aproveito para incluir até mesmo as gavetas de lingerie, bijouterias e etc.

Passo 2: separar e destralhar

Depois dos armários e gavetas limpos, eu separo cada peça e avalio. Se estiver desgastada e puder ser consertada, coloco na pilha de conserto. Se não uso mais, ou não cabe, coloco na pilha de doação.  Caso esteja estragada, jogo fora. O restante que está em perfeito estado, eu deixo separado para armazenamento. Esse processo é o mais importante, pois garante que seu armário não fique entulhado e sujo. Também permite que você aproveite para resgatar coisas que não usa, tendo sempre uma visão clara do que valeu ou não valeu seu investimento. A longo prazo isso te dá bastante auto conhecimento, evitando compras desnecessárias de peças que nunca usará.

Passo 3: selecionar as peças da estação

O próximo passo é selecionar o que é de cada estação. Eu como tenho um estilo básico, procuro ter peças das cores de cada estação no meu armário. Mas você não precisa seguir isso. Basta que tenha suas próprias peças de cada estação, adaptadas ao seu estilo e gosto. Exemplo: no verão gosto de usar vestidos mais claros, estampas vibrantes, pink, verde, amarelo. Já no outono peças mais escuras, caramelo, vermelho, veludo. No inverno gosto de muito preto e branco, coisas peludas, casacos pesados, vestidos grossos. No entanto, na primavera gosto de menta, estampas florais, rosa… Então tenho peças especificas de cada estação.

Algumas peças são básicas e sempre estarão por lá. O clima de São Paulo não é tão definido, então sempre deixo uma blusa de frio no verão e alguns shorts e regatas no inverno. Mas a proporção muda. Seleciono menos peças daquelas que não serão prioridade no clima especifico daquela estação. Ah e é importante ressaltar, faço isso com acessórios também. Eu tenho apenas uma gaveta de acessórios. No verão ela estão cheia de presilhas e arcos, no inverno, toucas e luvas. E por ai vai.

Passo 4: organizar tudo nos espaços

O próximo passo é pegar tudo que foi selecionado para a estação e guardar nas respectivas gavetas e armários. Acho a coisa mais linda quanto vejo tudo bonitinho nos cabides, ordenado. Abrindo espaço na sua vida você pode organizar melhor as peças e sempre ter uma visão clara de tudo que está a sua disposição no momento.

Passo 5: armazenamento

E por fim, o último passo é guardar aquilo que não é daquela estação. Eu particularmente coloco dentro de 1 mala de viagem que possuo e guardo essa mala em cima do armário. Você pode colocar em sacos e armazenar dentro da sua cama box, ou algum armário que tiver em casa. Caixas funcionam super bem também. A ideia é que você não mexa nessas peças até a próxima estação, então é importante ter cuidado com mofo e manchas na roupa. Armazene as roupas delicadas dentro de sacos de pano e coloque um daqueles produtos antimofo dentro da mala para mão haver problemas.

É importante dizer também que no começo você vai errar nas escolhas. Talvez queria buscar uma peça que esqueceu. Mas persista, com um tempo essa rotina vira hábito e você começar a entender tudo que realmente precisa para viver por 3 meses. Alias, eu insisto muito nesse ponto porque é um exercício mesmo e com o tempo você fica cada vez melhor.

armário sazonal

É um processo de construção

Hoje no meu armário eu tenho cerca de 100 peças. E isso não é uma regra, mas uma média baseada nas minhas necessidades. Eu gosto de ter poucas coisas para sempre ver o que eu possuo e não me perder em consumismo. Acho extremamente divertido fazer essa organização. Porque é algo que nunca toma mais que 3 horas de um dia e se pensar nisso a cada 3 meses se torna algo muito prático. Se for considerar que me fez repensar meu estilo e me ajudou a me conhecer melhor, diria que não pretendo abandonar essa ideia tão cedo. Até por que, já faz parte da minha rotina de vida.

Portanto, amo tanto esse método que não podia deixar de compartilhar por aqui. Já gravei muitos stories (para acompanhar veja a aba ARMÁRIO SAZONAL), mas faltava mesmo um guia mais completo aqui no blog, compartilhando de forma única todas as dicas para quem deseja aplicar esse método em sua vida. Espero ter sido útil e super quero trocar dicas com você também. Por isso, caso tenha dúvidas ou sugestões não deixe de compartilhar ai nos comentários, essa troca é super importante e rica para nós! Um grande abraço e até a próxima 😘

leia esses também

Buenos, mi amor, aires.
muitas bolinhas em buenos aires
look verão
aquela estampinha de verão
esse post trata de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comments