18 de setembro de 2018


Minha experiência com pastilhas resinadas que imitam Metro White
18 de setembro de 2018

Esse post tem como objetivo relatar a minha experiência com a aplicação da pastilha resinada que imita Metro white, bem como responder as principais dúvidas que surgem lá no Instagram.

________________________________

Para quem não conhece, Metro White é um tipo de revestimento clássico que ficou muito famoso recentemente devido a disseminação do estilo de decoração escandinavo. Ele é facilmente encontrado em muitos projetos de interiores, inclusive de locais públicos, como os metros de algumas capitais do mundo e franquias famosas como Bacio di Latte e Starbucks. Devido a sua enorme popularidade, surgiram algumas alternativas à sua aplicação que não envolvessem obras e reformas, sendo a pastilha resinada a forma mais acessível para quem deseja incorporar um pouco desse estilo a sua casa, mas não quer (ou não pode) investir no revestimento cerâmico.

Vale lembrar que já contei {nesse post} que considero esse um investimento bastante particular. Ao contrário do que muitos divulgam essa NÃO é uma alternativa mais barata ao revestimento original, pois embora não tenha o custo de mão de obra, tem o mesmo valor do revestimento cerâmico, com a diferença que a qualidade e durabilidade dos dois não são nem comparáveis. O revestimento cerâmico é para toda uma vida, a pastilha é algo para curto prazo. Portanto se o critério é economia não vale a pena. O único motivo pelo qual vale é a impossibilidade de fazer uma obra. Nesses casos a pastilha é uma ótima alternativa e pode cumprir com o esperado.

E foi por isso que nós optamos por ela. Devido o nosso apê ser alugado, queríamos uma solução que fosse facilmente revertida, pois não podemos fazer nenhum tipo de mudança estrutural no imóvel. Como a pastilha é autoadesiva, pretendemos retira-la quando tivermos que devolver o apartamento, não tendo assim nenhum tipo de problema. O investimento foi considerável (por ser algo não tão duradouro), mas essa foi uma escolha muito pensada por nós e na somatória de fatores consideramos acertada, pois é um detalhe que fez toda diferença na cozinha.


Acho que a melhor forma de explicar a minha experiência é respondendo as principais perguntas por tópicos. Assim fica tudo bastante organizado e você pode ter uma dimensão mais total de todos os parâmetros 😊

Como as pastilhas vieram?
Elas chegaram em placas adesivas em uma caixa muito pequena. É importante você não ter uma grande expectativa, as pastilhas são pequenas e vem em uma folha de adesivo bem fina que na verdade lembra muito uma fita isolante (tanto que usei fita isolante para fazer os acabamentos).  A foto em cima são das placas soltas, dá para ter uma dimensão de como são.

E como foi a instalação?
Bem difícil para mim. Mas creio que isso é relativo. Você vai precisar ter muita paciência e precisão. É como colar um adesivo, você tem que ir medindo para não ficar torto, considerando as deformidades da própria parede. Como a nossa parede é bem torta foi mais difícil e não ficou perfeito. Alias se você é perfeccionista, vai sofrer! Em 90% das paredes que eu vi na internet eu achei algumas imperfeições. É uma aplicação adesiva, não vai ficar igual a um acabamento feito por um azulejista.

Qual foi o valor que vocês gastaram nas pastilhas e qual a metragem? Vocês tiveram que medir antes?
As medidas e valores são aproximados: cerca de 2x0,60cm ~ em torno de R$500,00. E sim, tivemos que passar a medida da parede que queríamos colocar no ato da encomenda.

As peças vem cortadas? Como faz com torneira e tomada? 
Não vem cortadas. Você deve fazer o corte. É um pouco chato, mas é possível de ser feito.

É fácil de limpar?
Muito! As vezes eu passo até desengordurante (o que não é recomendável por ser muito agressivo), mas nunca tive problema. O revestimento continua intacto.

É reutilizável? Dá para reaproveitar em outro espaço?
Sim! Creio que a maior parte dele. Você pode retirar o adesivo e reutiliza-lo. Na pior das hipóteses caso perca a cola pode retirar as pastilhas brancas e colar em outra superfície adesiva. A única parte que não dá para aproveitar são os cortes de torneira e tomadas. Essas partes tem que ser substituídas.

Pode molhar?
Olha eu acho que sim. Eu coloquei na parede da pia e a maior parte das pessoas fazem isso. Até agora não teve nenhum indício de descolamento.  Está tão fixo como no dia da aplicação.

Ele desbota?
Não. Ele é bastante resistente.

Durabilidade?
Como eu disse, ele é bastante resistente. Mas não creio que dure mais que uma década, então no fim das contas, é algo temporário.

Dá para cobrir toda a parede? Como harmonizar com o restante do cômodo? 
Acho bastante improvável. Para colocar em toda cozinha você teria que despender um investimento considerável. Por isso a minha dica para harmonizar é usar outros tipos de revestimento descartáveis, como papel de parede ou adesivo vínilicos. Eu mesma usei fita isolante e ficou bem charmoso. Toda essa parede preta da foto no início foi feita com fita isolante.


________________________________

Espero sinceramente ter ajudado. Estamos muito felizes com a nossa escolha, mas é preciso ser realista para que você não faça um investimento cujo qual possa se arrepender depois. Quando eu encomendei as minhas placas não tinha muita informação na internet e as poucas pessoas que usaram disseram ser tão fácil que eu realmente me iludi um pouco. Mas a verdade é que tem os seus pontos negativos e de repente, a não ser que você seja MUITO fã mesmo de Metro White, talvez não valha tanto a pena para ti.

Ah, e caso sua dúvida não tenha sido respondida, deixe nos comentários que assim que possível, responderei com todo prazer! 😘

Postar um comentário

Deixe sua dúvida, sugestão ou comentário que assim que possível irei responder! Todos os comentários são moderados para evitar SPAM ♥

a vida feita com amor ❤ © 2016 - | proibida a reprodução | theme by march17 com adaptações por QRNO